• Dia Nacional da Imprensa: reflexão e luta

    unnamedFoto: Google Imagens

    No dia 1º de junho de 1808 circulava o primeiro jornal brasileiro: o Correio Brasiliense, editado por Hipólito José da Costa. Na primeira edição, se destacava a importância do trabalho de quem se “destina a mostrar os acontecimentos do presente”. Em 2000, a data foi escolhida para homenagear o Dia Nacional da Imprensa.

    Leia mais...

  • Coronavírus: professores adaptam as aulas para debater o tema

    WhatsApp Image 2020 03 31 at 20.35.59Foto: Arquivo Pessoal

    Coronavírus. Essa é a palavra que está em todos os lugares, ultimamente. Nos jornais, na televisão, nas redes sociais, nas mensagens do Whatsapp, nas conversas em família e, na sala de aula. Neste momento, é inevitável falar desse assunto, que tem feito parte do cotidiano de todo mundo. Os professores dos cursos de Comunicação e Turismo, adaptaram os conteúdos e passaram a incluir o tema nas disciplinas e nas discussões com os alunos durante as aulas online.

    Leia mais...

  • Aula aberta debate Turismo e comunidades tradicionais

    Fotos aula turismoFoto: Divulgação

    A disciplina de Turismo e Patrimônio Cultural, ministrada pela Profa. Me. Fernanda Costa da Silva, promoveu uma aula aberta online para discutir a relação do Turismo com os povos e comunidades tradicionais no Rio Grande do Sul, refletindo sobre o cenário atual. Os convidados Edgar R. Barbosa Neto, Antropólogo; Regina Miranda, Extensionista Rural, e Rafael Freitag, Consultor em Turismo, compartilharam experiências com alunos e profissionais da área.

    Leia mais...

  • Professora do Jornalismo media debate de apresentação do Instituto Democracia e Direitos Fundamentais

    foto 2Foto: Divulgação

    A jornalista e Profa. Dra. Sandra Bitencourt, docente do curso de Jornalismo, participou da live de lançamento do Instituto Democracia e Direitos Fundamentais (IDDF). Sandra mediou o debate virtual “A Democracia e os Direitos Fundamentais na encruzilhada de uma nova era”. Os convidados foram Tarso Genro, ex-governador do Rio Grande do Sul e ex-ministro da Justiça e da Educação; Marcelise Azevedo, da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD); Mauro Menezes, ex-presidente da Comissão de Ética da Presidência da República; e Elisa Torelly, do Coletivo Nacional de Advogados de Servidores Públicos.

    Leia mais...

  • Turismo e o Coronavírus: uma avaliação do cenário

    turismooFoto: Google Imagens

    Desde o início da pandemia da Covid-19, o turismo têm sido uma das áreas mais afetadas: fechamento de fronteiras; cancelamento de voos, eventos; e o isolamento social. Esses fatores contribuíram para uma crise, sobretudo econômica, no setor. Para entender quais os impactos e estimativas para a área, o Multiverso conversou com as docentes do curso de Turismo do IPA.

    Leia mais...

  • Criatividade para mudar hábitos, ideias, marcas e… o mundo

    criatividadeFoto: Google Imagens

    A criatividade é a qualidade ou característica de quem é criativo. É inteligência, iniciativa e talento para criar, inventar e inovar em qualquer campo. É um estado de espírito. Na publicidade, a criatividade é parte do processo de concepção dos projetos. Marcas, logos, campanhas resultam dessa capacidade de idealizar e conceber novas formas e de reinventar velhos formatos. Neste 21 de abril, Dia Mundial da Criatividade, momento em que o mundo passa por um período de instabilidade e incertezas, reinventar, inovar e transformar é inevitável.

    Leia mais...

Esportes

#Deixaelatrabalhar: empatia e companheirismo é preciso

O Multiverso, em apoio à campanha #Deixaelatrabalhar, entrevistou Bruna Dealtry, ex-atleta profissional do vôlei de praia, jornalista e repórter do Esporte Interativo. Ela foi beijada à força por um torcedor durante uma transmissão ao vivo. O movimento é uma iniciativa das jornalistas que atuam no esporte, contra o machismo, o desrespeito e o assédio nos estádios, em ambientes de trabalho, nas redações, nas redes sociais e onde quer que aconteçam.

O movimento atraiu jornalistas reconhecidas, como Fernanda Gentil, Cris Dias e Carol Barcellos. A visibilidade do caso foi tamanha e foi destaque internacional. Com palavras, como sororidade, que significa a união e a aliança entre mulheres em busca de alcançar objetivos em comum e empoderamento ganhando cada vez mais força, o cenário atual é ideal para uma discussão mais abrangente.

 

A entrevista

brunaFoto: reprodução/Facebook

Bruna Dealtry afirma que durante sua trajetória no jornalismo esportivo, presenciou algumas situações machistas. Ocorriam, também, através das redes sociais quando ela transmitia ao vivo em treinos e pré-jogos. “Recebia muitas mensagens constrangedoras e agressivas de homens, alguns inclusive diziam que eu não tinha que estar falando de futebol, e sim lavando a roupa. Isso me incomodava muito, mas assedio físico foi a primeira vez”.

A repórter narra que nunca levantou a bandeira de feminista e não pensava no assunto, até então. Passou a aprender sobre o feminismo somente após o ocorrido. “Sou muito a favor de direitos iguais, da mulher ter mais oportunidades, porque ainda existe uma diferença grande principalmente no jornalismo esportivo. Precisamos de salários iguais e oportunidades iguais em todas as profissões”. Ela não apoia que o feminismo deva gerar uma rivalidade entre homens e mulheres. Diz ser contra às agressões e a favor de debates saudáveis para tratar do assunto e gerar o progresso entre os gêneros.

A jornalista conta que o movimento Deixa Ela Trabalhar nasceu após o assédio sofrido por ela. Foi criado, então, um grupo no WhatsApp com outras duas colegas do Esporte Interativo, Taynah Espinoza e Aline Nastari. A partir daí, novas integrantes de outros canais de comunicação começaram a entrar no grupo. “Fomos construindo um debate e nos desconstruindo, porque até chegar no formato ideal do movimento demorou uma semana. É um movimento que continuará, vamos continuar fazendo outras ações também” comemora ela.

Bruna relata que pretende continuar tomando medidas para diminuir o machismo e o desrespeito no ambiente de trabalho jornalístico e nos demais. As mulheres envolvidas na causa estão em contato com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para ver o que pode e deve ser feito na prática, quando há situações machistas e abusos. O objetivo é a criação de leis mais severas para defender a mulher nos estádios e defender as profissionais que estão trabalhando em diversas áreas, também. “Descobrimos um grupo de advogadas que atuam defendendo mulheres que passaram por algum tipo de assédio e machismo. Estamos vendo possibilidades para ajudar cada vez mais as jornalistas e as mulheres de todas as profissões a trabalharem sem nenhum tipo de preconceito”.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

Agenda de eventos

  • Bolsas para produção de reportagens sobre mobilidade urbana

    A Agência Pública oferecerá cinco bolsas de cinco mil reais para a realização de reportagem investigativa sobre mobilidade urbana. Os candidatos devem ter mais de 18 anos e conclusão do curso de graduação prevista para a partir de junho de 2020. O resultado será divulgado em 19 de março no site da Agência Pública. Inscrições e informações no link abaixo.

    Inscrições pelo site

  • Dia dos Dados Abertos POA

    A Unisinos Porto Alegre (Avenida Dr. Nilo Peçanha, 1600 - Boa Vista) sedia o Dia dos Dados Abertos POA. A iniciativa, que é promovida mundialmente e tem o objetivo de fomentar a transparência pública e conscientizar governos e cidadãos para o uso de dados abertos, ocorrerá das 9h às 15h30. A programação seguirá a linha temática de dados ambientais, também será debatido o projeto Mina Guaíba e seus impactos ambientais na Região Metropolitana. A entrada é gratuita. Mais informações abaixo.

    Inscrições pelo site

  • Curso de edição audiovisual do Sindjors

    O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindjors) promove o curso Edição Audiovisual com Adobe Premiere Pró CC 2018: História, teoria e prática, ministrado por Hopi Chapman, diretor holandês, fotógrafo, montador e mestre em cinema e tv pela Universidade de Amsterdam. A capacitação, destinada a Jornalistas, universitários e público em geral, será realizada de 16 a 20 de março, das 17h às 21h, na sede da entidade (Rua dos Andradas, 1270/133, Centro Histórico), em Porto Alegre. Mais informações no site do sindicato.

    Inscrições pelo site

  • Oficina de Jornalismo Cultural

    Estão abertas as inscrições para a sexta edição da Oficina de Jornalismo Cultural. Ministrado pelo jornalista Rafael Gloria, o curso tem como objetivo trazer para a discussão do jornalismo cultural assuntos como a questão da representatividade, a arte da apuração, a importância do debate de ideias e também as mudanças que a internet e os fãs causam na cobertura cultural. As aulas acontecem  aos sábados, de 21 de março a 11 de abril, no Fora da Asa (Rua José do Patrocínio, 642 - Cidade Baixa), em Porto Alegre. Mais informações abaixo.

    Inscrições pelo site

· · ·