· · ·

Jornalismo Comunitário

Após denúncia, prefeitura de Alvorada anuncia reforma do Canil Municipal

canilFoto de Lucas Azevedo

O abandono de cães domésticos é crime, uma vez que expõe os animais a uma variedade de circunstâncias que podem levá-los ao sofrimento. No município de Alvorada, eles não padecem somente com o abandono e maus tratos nas ruas, sofrem, também, com as condições precárias do único local da cidade destinado ao tratamento dos animais de estimação: o canil municipal.

Conforme Oliane Santos, protetora de animais há mais de 20 anos, o lugar está em precárias condições. Inconformada com a situação, ela, juntamente com outras pessoas, protocolou denúncia junto ao Ministério Público (MP), para intervir no local.

A denúncia

Na acusação consta que o canil não dispõe de medicamentos necessários para o tratamento dos animais. Também fizeram parte da denuncia as más acomodações, além do número de funcionários insuficientes para a demanda de trabalho existente. "Fomos num domingo até lá e não encontramos nenhum funcionário para atender os animais. Eles ficam sem amparo até a segunda-feira. Além disso, as casinhas onde ficam não estão em condições. Há um cão dormindo dentro de uma caixa d'agua improvisada que lhe serve de casa", disse ela. No momento o grupo espera resposta do MP.

O contraponto

De acordo com a secretária de Saúde de Alvorada, Janete Conzatti, o local será ampliado e há um projeto para solucionar o problema. A ideia é que até final do ano o canil municipal esteja pronto para receber os animais de rua, os quais serão tratados, castrados e devolvidos a seu habitat natural: as vias da cidade.

Segundo Janete, o fato dos animais serem devolvidos às ruas não é um procedimento incorreto, pois não há em Alvorada um lugar para acondicionar todos os cães abandonados. Para tanto, explica a secretária, será implantado o programa "Cão Comunitário" com a intenção de que os moradores adotem um animal de rua, cuidando e preservando sua vida. O programa vai iniciar pela Praça Central João Goulart, em frente à Prefeitura. E até o final de 2014, a administração municipal pretende executar esse trabalho em todas as praças da cidade.

Sobre a situação atual do canil, Janete rebate as críticas e afirma que o local possui todos os medicamentos necessários para atender os animais que precisam de cuidados, tanto que os cerca de 100 cães estão 100% tratados e castrados. Com relação ao não atendimento aos domingos, ela informou que existe plantão nos fins de semana, quando há o pagamento de horas extras aos funcionários. Porém, os mesmos não permanecem no local durante o dia inteiro. "Tem remédio para todos os animais, ração e possuímos três veterinários, num total de nove funcionários", disse ela.

De acordo com a secretária, a ampliação do canil municipal vai começar em breve e, quando pronto, vai disponibilizar 15 celas a mais, todas com um solário para o cão receber luz natural. Também vão ser construídas dez baias de isolamento para animais com doenças infecto contagiosas, bloco cirúrgico, depósitos de pesticidas, ração, materiais e necrotério.

De um modo geral, explica a veterinária responsável pelo canil, Fabiane Giacomelli, "vamos ter uma boa reforma e ampliação. O bloco cirúrgico vai contar com toda a infraestrutura necessária. Ficará bem melhor para trabalhar e, obviamente, também para os animais que aqui estiverem".

O canil municipal está localizado na Estrada da Palha, no Distrito Industrial de Alvorada.

Matéria produzida na disciplina de Jornalismo Comunitário. Professora responsável: Lisete Ghiggi.

· · ·