· · ·

Jornalismo Investigativo

Perdemos Tim Lopes, ganhamos um exemplo

{youtube}

{/youtube}

Tim Lopes é um jornalista que entrou para a história do Brasil, principalmente pelas lições que deixou para os futuros "condutores da notícia". Penso que uma característica vital para ser um bom profissional de imprensa é ser apaixonado pela notícia, pelas pessoas, pelo dia a dia. Certamente Tim amava o que fazia e demonstrava isso da maneira mais positiva: indo sempre atrás da informação.

Ousadia. Esta palavra pode ser usada para definir bem o jornalista Tim Lopes. Também é uma ferramenta poderosa para toda a pessoa que quer seguir a mesma carreira, ainda mais para àquelas que irão trilhar o perigoso e desafiador caminho do jornalismo investigativo.

Um bom jornalista investigativo não tem medo do perigo e, mesmo sabendo dos riscos, vai em frente. Tim Lopes demonstrava ser um homem destemido, característica importante para a área investigativa do jornalismo. O gaúcho também tinha uma sensibilidade aguçada, outro ponto importante do jornalista investigativo.

Tim Lopes não fazia jornalismo investigativo pelo simples fato de poder denegrir uma pessoa. Ele era sensível aos problemas da sociedade e cada reportagem sua era um pequeno passo na tentativa de fazer um mundo melhor. Sua obsessão era a verdade e por ela fazia o possível e o impossível.

Outra lição deixada por Tim Lopes foi o uso da câmera escondida e que esta também pode ser usada em pautas não investigativas. Ele gostava muito de mostrar a naturalidade do ser humano em um jornalismo que eu considero mais puro e fiel à sua essência.

Toda essa ousadia do gaúcho era essencial para a sua prática no jornalismo investigativo. Mas também existia o outro lado da moeda: o limite, saber quando parar. Tim era tão apaixonado pelo que fazia que ultrapassava os limites e, invariavelmente, passou a correr sério risco de morte.

Essa ousadia inconsequente, que ajudou na consolidação profissional de Tim Lopes, também foi o motivo de sua ruína, do fim de sua vida. Perdemos um homem, ganhamos um exemplo a seguir.

Texto desenvolvido na disciplina de Jornalismo Investigativo. Professora responsável: Michele Limeira

· · ·