· · ·

IPA lança livros sobre Projeto Interdisciplinar

WhatsApp Image 2020 10 19 at 14.41.36Foto: Arquivo Pessoal

O lançamento dos livros Projetos Interdisciplinares na Educação Superior abriu oficialmente a I Jornada Acadêmica IPA. Os dois volumes da edição foram apresentados em uma live, neste domingo (18), na página do Facebook da instituição. As publicações sobre os projetos interdisciplinares foram organizados pelas professoras Patricia Treviso, Andrea Moreira e Claudia Tacques. 

As obras são compostas por artigos que contemplam as grandes áreas de cursos do IPA. O Volume I aborda os projetos interdisciplinares na área da Saúde e o Volume II foca nas Engenharias, Tecnologias e Artes, Ciências Humanas e Licenciaturas, e Ciências Sociais Aplicadas. A coordenadora da Graduação do IPA, Profa. Dra. Andrea Moreira, destacou que as obras lançadas contam histórias reais. “Não é ficção. Quem ler, vai perceber que se trata do que acontece na sala de aula. Ele apresenta as boas práticas desenvolvidas no IPA. E, é muito bom saber que somos atores, protagonistas do que vivenciamos com nossos alunos”. 

A Profa. Dra. Claudia Tacques participou do planejamento dos livros e entende que a experiência em outros campos é importante. “Esta participação contribuiu para eu ampliar o meu conhecimento em outras áreas, tendo em vista que é fundamental na sociedade atual, a realização de projetos interdisciplinares, que é o foco das duas publicações”. Claudia, responsável pela organização dos 17 livros publicados pelo curso de Turismo, ressalta o comprometimento do corpo docente com as obras. “Nos artigos, houve o engajamento dos professores que participaram ativamente dos projetos interdisciplinares realizados nos diversos cursos do IPA”, relembra.

Os cursos de Comunicação e de Turismo estão representados no artigo “Porto Alegre para quem?: o currículo por competências na prática da Escola de Comunicação e Hospitalidade”, escrito pelo Prof. Dr. Fabio Berti e pela Profa. Dra. Valéria Deluca. Fabio avalia que o currículo por competências no ensino superior amplia o foco do ensino e permite uma formação integral do acadêmico. “Esse conjunto de atividades teórico-práticas que descrevemos nesse artigo contribui para a realização pessoal dos estudantes, mas não deixa de lado uma ampla preparação para os desafios reais de um mercado de trabalho extremamente dinâmico, orientado pelos avanços tecnológicos”, salienta.

WhatsApp Image 2020 10 19 at 14.42.00Foto: Divulgação

Projetos Interdisciplinares na Educação Superior

Os livros são resultado de um trabalho que envolveu Reitoria, coordenadores dos cursos, além das Coordenadorias de Graduação, Extensão e Pós-Graduação. Conforme a Profa. Dra. Patricia Treviso, há alguns anos, o IPA iniciou mudanças nos Projetos Pedagógicos de Curso (PPCs), incluindo disciplinas denominadas Projetos Interdisciplinares. “Cada curso organizou o seu PPC olhando para sua grade curricular. Quando eu falo curso, estou me referindo ao coordenador, aos integrantes do Núcleo Docente Estruturante (NDE), e também da participação dos professores. Foi no ambiente do colegiado dos cursos que se pensou em que semestres essas disciplinas poderiam ser inseridas. Elas conversam com as demais daquele período em um trabalho coletivo. Por isso, o nome interdisciplinar”, explica.  

De acordo com a professora, estas disciplinas têm um cunho mais prático do que teórico. O aluno elabora, de forma coletiva, propostas que podem envolver tanto o aprendizado em si, como ações sociais, junto à comunidade acadêmica e geral. “Na pedagogia por projetos, o ensino ocorre através de experiências. O aluno participa de um projeto concreto de seu interesse. Ele colhe informações, planeja o empreendimento e executa. Nesta forma de atuar, o projeto é construído pelo próprio acadêmico, que desenvolve seu conhecimento com o auxílio e a orientação do professor. O ensino aprendizagem assume uma nova perspectiva, sendo o estudante protagonista desse processo”, esclarece. 

Patricia explica que a interdisciplinaridade busca articular saberes e experiências entre diferentes campos. “A aprendizagem em que os estudantes se engajam em tarefas e desafios para resolver um problema ou desenvolver um projeto, os envolvem em processos interdisciplinares. Isso favorece tomadas de decisões coletivas, por meio de habilidades que requerem pensamento criativo, crítico e engajamento pessoal”. Segundo a docente, essa é uma metodologia que contribui para o desenvolvimento de competências, conhecimento, habilidades e atitudes. “Os estudantes precisam, durante o processo, desenvolver atividade acadêmica, ampliando o olhar para o mundo real em que vivem, circulam e interagem”, complementa.

A inserção das disciplinas de Projetos Interdisciplinares começou em 2017. Com os projetos em andamento, em 2019, foi realizado o I Seminário de Projetos Interdisciplinares. Nesse evento, os professores das áreas de Saúde, Engenharias, Tecnologia e Artes, Ciências Humanas e Licenciaturas e Ciências Sociais Aplicadas apresentaram os trabalhos desenvolvidos nas disciplinas, como foi o processo e o feedback dos alunos. “A partir desse momento, nós percebemos o quão rico estava sendo esse trabalho. Desta forma, pensamos em registrar o que estava sendo feito, as ideias que estavam sendo colocadas em prática, de modo a deixar isso registrado na história”, conta Patricia. 

Assim, surgiu a ideia de organizar os livros, para que o projeto pudesse ser compartilhado com outros colegas do IPA e de outras instituições. “Foi um trabalho árduo. Nós trabalhamos na elaboração durante todo ano de 2019. Convidamos todos os professores e coordenadores de cursos”, comenta a professora. Todos os cursos foram convidados a escrever ao menos um capítulo, relatando a experiência de um projeto interdisciplinar na sua área. “Foi um trabalho bem difícil, mas que nos deixa bem felizes e bastante orgulhosos, porque reflete um trabalho coletivo e ousado, que mostra a preocupação dos professores com a educação”, conclui.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·