· · ·

Geral

Alunos da Universidade ORT visitam o curso de Turismo

 MG 0159 mainFoto: Gregory AlvanozIntegração! Esse sentimento resume a recepção feita aos alunos uruguaios, que visitaram o Centro Universitário Metodista IPA. A comitiva formada por nove estudantes e pelo coordenador do curso de Turismo da Universidade ORT, localizada em Montevidéu, visitou e conheceu as instalações da instituição e, juntamente com representantes do curso de Turismo do IPA, debateram no rumos do Turismo na América Latina. Eles trataram de estratégias para incrementar o segmento, a exemplo do que acontece na Europa.

O coordenador do curso de Turismo da Universidade ORT, Prof. Oscar Hiroldi, comentou que a sua instituição é citada como uma das 500 melhores do mundo. Ele entende que o Turismo é estratégico para a economia do país vizinho. Ele acredita ser possível desenvolver uma agenda positiva, a partir da visita ao IPA e de futuras viagens, a serem realizadas em breve.

O coordenador do curso de Turismo IPA, Prof. Me. Guilherme Bridi, por sua vez, apresentou o curso aos visitantes, mostrando os principais eventos organizados nos 16 anos de atividades. Ele comemorou a vinda dos uruguaios a Porto Alegre e a troca de experiências. Mostrou, também, as propostas do curso para este ano, que incluem um Mestrado, previsto para iniciar em 2017. Comentou, ainda, sobre os dois livros, publicados anualmente, escritos pelos alunos de Turismo. Os colegas uruguaios mostraram interesse em realizar proposta semelhante.

O presidente do Colegiado das Ciências Sociais Aplicadas, Prof. Dr. Fabio Berti, esteve presente na recepção e destacou a importância das relações que os gaúchos tem com o povo uruguaio. Além disso, lembrou a ótima avaliação recebida pelo curso de Turismo IPA, publicada no Guia do Estudante.

Durante o encontro foram discutidas estratégias e ações em comum. O foco concentrou em ideias para driblar a crise no setor, que afeta os dois países. O Uruguai, possui três milhões de habitantes e recebe igual número de turistas por ano. A maior dificuldade está em oferecer estrutura adequada para receber novos visitantes. No Brasil, a diferença, de acordo com o professor Guilherme, passa, justamente, pelo tamanho territorial brasileiro e pela crise financeira que assola o país, principalmente nestes últimos meses.

O professor Oscar Hirold fez questão de demonstrar a importância deste intercâmbio entre universidades e países. Um dos aspectos discutidos, também, foi o turismo LGBT, que está crescendo no país. Da mesma forma, o professor Guilherme Bridi informou que no mês de maio, o IPA vai publicar um livro idealizado pelo curso de Turismo, que vai abordar este tema.

 

  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG
  • MG

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·