· · ·

Fotografia

Congresso sobre fotografia traz tendências

20160607Alasul0169Foto: Daiana Berto

O mercado da fotografia está em alta. A tecnologia e as novas possibilidades abrem um espaço muito interessante para os profissionais da área da Comunicação. Pensando nisso, o Multiverso participou do 21º Congresso da Associação dos Laboratórios Fotográficos do Sul (Alasul), que aconteceu em Porto Alegre. Com o tema Mercado saturado? Onde estão as oportunidades?, o evento ofereceu palestras, workshops e uma feira com as novas tendências. Fique sabendo do que rolou por lá!

O presidente da Alasul, Nattan Carvalho explica que o principal objetivo do congresso é unir fotógrafos e trazer conteúdo de qualidade. Com o tema proposto, ele diz que a associação busca “abordar diferentes formas para que os profissionais possam ter noção das novidades na área, não ficando limitado somente ao seu conhecimento e ampliando sua perspectiva”. Nattan conta que a associação escolhe os profissionais que estão em evidência para conduzir as palestras e workshops.

20160607Alasul0015 EditFoto: Daiana Berto

 

Isso foi percebido na palestra sobre gestão empresarial, ministrada pelo diretor da Ellebê, Leonardo Borges. A Ellebê oferece treinamento e consultoria empresarial e possui clientes como a Bradesco Seguros e o SESC/RS. Com o título, Maximizando Resultados Através do Comportamento, Leonardo mostrou um pouco do seu conhecimento e experiência profissional, apresentando o assunto com bom humor e fazendo a plateia refletir.

Palestra sobre gestão empresarial com Leonardo BorgesFoto: Daiana Berto

 

“Fazemos todo o dia a mesma coisa e o tempo passa”. Foi com essa ideia que Leonardo iniciou a palestra. Ele aponta que as reclamações sobre a crise tendem a ficar resumidas somente ao ato de reclamar, e não há um questionamento: “o que estou fazendo para me preparar? O que faço de diferente?”, questionou. A mensagem que ele deixou é que, além de fugir da zona de conforto e pensar ‘fora da caixa’, é necessário pensar a longo prazo e ter um planejamento e controle estratégico das metas. “Não deixe a rotina tomar o tempo de vocês”, aconselha ele.

Ele propôs ao público o exercício da ginástica laboral para mais tarde explicar A Curva da Mudança, que é quando se faz algo diferente e se começa a ver oportunidades. Pondera que ao dar o primeiro passo, a pessoa se depara com as primeiras dificuldades. Assim como a ginástica que ele propôs, quebrando a rotina de uma palestra normal e gerando reações da plateia.

20160607Alasul0103Foto: Daiana Berto

 

Quem pensou ‘fora da caixa’ foi o casal Eduardo Bichinho e Carolina Hilario, ao criarem o This Is Not A Wedding Film. Em tradução livre: Isto não é um filme de casamento. Eles produzem vídeos de casamentos com uma abordagem e estética fora do usual deste mercado. Eles são formados em Artes Plásticas e estão juntos há dez anos. Criariam o projeto no final de 2014 e o lançaram no mercado em março de 2015. Atualmente, atendem todo Brasil. Eles também foram palestrantes do congresso.

Quando estavam criando a empresa, o casal começou a discutir sobre a narrativa do casamento e o mercado. Na palestra, eles afirmaram que é fácil criar uma empresa de fotografia de casamento e seguir a mesma fórmula. Deram exemplos de fotos que normalmente são feitas nesses trabalhos: o vestido da noiva pendurado em uma árvore e o noivo correndo em direção à câmera.

Palestra sobre vídeo de casamento com Carolina Hilario e Eduardo BichinhoFoto: Bianca Bueno

 

Eduardo e Carolina se cansaram disso e decidiram ir na contramão. “A gente procurou uma estética, uma narrativa que fosse exatamente o contrário do que se tem feito no mercado. E, para a nossa surpresa, deu muito certo”, fala Eduardo, em entrevista ao Multiverso. Eles começaram a pensar em suas referências, que tipo de impacto queriam causar nas pessoas e como isso poderia ser apresentado no trabalho que eles realizavam. No início da palestra, destacaram que as perguntas que compõem o título do congresso foram as mesmas que se fizeram na época da criação do projeto. “Não tem um monte do mesmo?”, relembra Eduardo.

No This Is Not A Wedding Film, eles registram as fotos pela perspectiva particular de alguém que estava presente no casamento, o que torna o momento humano e espontâneo. Eles gostam de registrar as pessoas e o momento como eles são e estão, sem interferir no ritual do casamento. Para gravar o vídeo, eles utilizam somente uma câmera, lente 50 milímetros, em que a distância focal tem o ângulo parecido com o produzido pelo olho humano.

Como o projeto é pioneiro, há muita procura. Ao Multiverso, Eduardo conta que o trabalho cria uma repercussão de que tem alguém “fazendo uma coisa virada do avesso”. Na palestra, ele relata que os gaúchos são bem conservadores e o lugar que eles mais atendem é fora do Estado. Atualmente, ele está morando em São Paulo para atender a empresa em nível nacional, enquanto Carolina atende a agenda do Rio Grande do Sul. Eles revelaram que não conseguem atender mais da metade das pessoas que os procuram. E questionam: “quem irá atendê-los? O mercado está realmente saturado? Será que não está saturado da mesma coisa?”.

Confira o vídeo de casamento de Roberta e Frederico, intitulado “Mais de mil Tsurus”, exibido na palestra.

Outros eventos ocorreram no 21º Congresso da Alasul, como as palestras com fotógrafos sobre Fine Art, fotografia de família, New Born e o sobre o software Adobe Photoshop Lightroom. Foram oferecidos workshops destes dois últimos também.

Estandes

Os estandes da feira exibiram novidades no ramo de impressoras e álbuns fotográficos. Uma das impressoras, destaque na feira, funciona com mais de um tipo de mídia e imprime em vários tipos de tecidos. Ela pode ser usada não só na área da fotografia, mas também na engenharia, descreveu a representante da Canon, Eleci Bortoluzzi. Equipamentos de impressão térmica de foto e impressão a jato de tinta foram os lançamentos no estande da revendedora da Fujifilm, segundo o representante Alberto Vanzetto. Essa revendedora trouxe os produtos para fotógrafos, lojas de fotografia e gráficas.

Relacionado aos álbuns de fotografia, um produto que chamou muito a atenção foi um estojo que contém uma câmera instantânea, papéis para revelar as fotos na hora – como em uma câmera Polaroid – e um álbum para colá-las. O revendedor, Luciano Souza, conta que os papéis e o álbum são produtos que podem ser entregues em festas, para os convidados fazerem seus próprios álbuns. “Isso foi desenvolvido para o fotógrafo clicar, imprimir na hora e entregar durante a festa”, explica Luciano. Também estava no mesmo estande uma coleção de revestimentos de texturas e cores para álbuns, também destinada a fotógrafos. Geralmente, as amostras são visualizadas em uma na tela de um computador, e elas podem não ser a representação real do produto. Essa coleção traz a cópia real.

Coleção de revestimentos e estojo com álbum de fotos e câmera instantâneaFoto: Daiana Berto

 

Confira mais fotos do evento. Fotos de Daiana Berto e Bianca Bueno

 

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·