· · ·

Política

“Crise é uma confusão provocada por uma direita entreguista e corrupta”

cIROFoto: Luiz Guilherme Faleiro

Em evento na capital, o pré-candidato à presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, explanou a respeito da atual conjuntura do Brasil. Sempre polêmico, ele não poupou críticas ao governo interino de Michel Temer, bem como a eventuais candidatos às eleições de 2018. O encontro ocorreu na UFRGS e contou com a participação de outras figuras do cenário político.

Ciro aproveitou o momento para denunciar o que julga uma aliança golpista entre Temer, Eduardo Cunha, Romero Jucá e Renan Calheiros, cujo propósito seria “assaltar os cofres públicos e roubar na marra o poder democrático da nossa sociedade”. Questionado sobre a possibilidade de novas eleições para o poder executivo federal antes de 2018, ele rechaçou a ideia, sob o argumento de respeitar o processo democrático. Porém, informou que já está em processo de elaboração de um plano de governo.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·