· · ·

Saúde

Organizar a rotina colabora para saúde mental e evita problemas nos estudos

cansadaFoto: Freepik

Na série “De volta à rotina”, tratamos quais os cuidados que aluno precisa ter com o corpo e a alimentação. Agora, concluímos com o tema “mente”, no qual falamos de algumas orientações que o aluno pode seguir para se adaptar confortavelmente ao início do semestre.

O coordenador do Curso de Psicologia, Prof. Ms. Leandro Feix, observa ser comum, no retorno aos estudos e trabalho, que as pessoas tenham a Síndrome de Estresse pós-férias. Ele explica a dificuldade do indivíduo ao regressar para os antigos afazeres que exigem mais do corpo e da mente. Isso pode causar no aluno problemas na concentração, maior dispersão, cansaço, ansiedade, complicação para conciliar o sono e mudança de apetite. Assim, traz prejuízos para o início das atividades acadêmicas.

Para evitar essa situação é necessário que o aluno se prepare e vá gradualmente voltando à rotina que ele estava acostumado. A recomendação é ir para cama mais cedo e começar acordar no horário correto. Por mais difícil que possa ser, é preciso se desconectar um pouco das redes sociais e da televisão, pelo menos uma hora antes de ir dormir. Tomar um tempo para organizar o material, a agenda e consultar o local das salas de aula, também é importante. “Isso vai trazendo o aluno para realidade do início do ano letivo”, disse Leandro.

meditacaoFoto: Freepik

 

Início das Aulas

Nesses dias iniciais de estudos, o aluno tem que relaxar. “Ele tem que gradualmente se conectar com o período de demanda de trabalho e faculdade, então, é necessário fazer atividades prazerosas”, explica. Leituras, seguir em contato com os amigos e colocar a conversa em dia com os colegas auxiliam no retorno aos velhos hábitos. Porém, a qualquer sinal de dificuldade de adaptação, deve-se ficar atento. É esperado que se possa levar de duas até três semanas para entrar no ritmo. Se passar desse período, talvez, o aluno precise do acompanhamento de um profissional da área da saúde.

 

Concentração em aula

Durante a aula, o professor aconselha evitar o contato com celular, deixando o aparelho fora de vista e no silencioso. E esperar até o intervalo para responder alguma mensagem. “Não se desligar do celular é um fenômeno contemporâneo bem comum. Mas que interfere na nossa capacidade de focar nossa atenção”. Leandro pondera que por causa disso é comum a queixa dos alunos por não conseguirem ler um livro ou até mesmo um texto até o fim, já que não estão mais acostumados a se concentrar.

Dúvida na carreira

“A escolha profissional traz uma série de investimentos e expectativas. Muitas pessoas ao fazerem essa escolha não fazem por conta própria”, afirma Leandro. No início da faculdade, alguns alunos atendem a vontade da família. Mas quando ocorre o retorno da atividade acadêmica, eles entram em contato com seus sentimentos e percebem que não era isso o que queriam fazer. “A frustração não é com o estudo e sim com a escolha da carreira. Mas, pode acontecer dele desgostar de estudar”. Nesse caso, o aluno precisa buscar um serviço de orientação. O Centro Universitário Metodista IPA dispõe do Serviço Escola, localizado no Prédio I, sala 003, próximo à sala dos professores. O atendimento é de segunda a sexta-feira. O aluno recebe acompanhamento e avaliação de forma gratuita.

 

Minuto Mindfullness

O minuto Mindfullness é outro serviço gratuito da instituição, que consiste na prática de meditação, produzindo efeitos significativos na ansiedade, na redução de estresse e na melhora da atenção. Os encontros são todas às quintas das 18h às 18:30 no Prédio H, sala 106.

 

Sono

Às vezes, o aluno fica preocupado demais com as atividades que precisa fazer no dia seguinte e não consegue relaxar e dormir. “É importante ele organizar o próximo dia, ter uma agenda e tomar nota de tudo que vem a cabeça, olhar quais são os compromissos e atividades que terá”, informa Leandro.

Após, “vá se conectando com o estado de relaxamento, desligue os aparelhos eletrônicos, ir para a cama com um livro, pode ajudar”. Ele aconselha, ainda, o uso de técnicas básicas de respiração, como esvaziar o ar dos pulmões lentamente quando já está deitado, colocar uma música calma e deixar o quarto mais escuro. Isso tudo auxilia no processo de dormir.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·