· · ·

Comunicação Integrada

Integração e autenticidade marcam o 7º Colóquio de Agências Experimentais de Comunicação

Os alunos, professores e técnicos do Multiverso participaram do 7º Colóquio de Agências Experimentais de Comunicação. A partir do questionamento ‘O que é autenticidade em um ambiente experimental?’, doze Instituições de Ensino Superior (IES), do interior e capital, que oferecem cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas apresentaram suas equipes, atividades e espaços de trabalho.

O dia de trabalho iniciou como um coffee de confraternização, enquanto todos faziam o cadastramento. Após, cada agência foi chamada para se apresentar e mostrar um vídeo produzido pela equipe. A Profa. Dra. Valéria Deluca representou o Multiverso e contou um pouco das rotinas de trabalho dos laboratórios, da AJor e da AEIPA. “O colóquio é um momento especial. Trocamos experiências, revemos amigos, sabemos o que os colegas de outros cursos estão produzidos e fazemos muitos contatos. É um ambiente de aprendizado e interação. Representa muito bem os espaços das agências experimentais”, destaca ela.

Em seguida, todos participaram de um bate papo com convidados que palestraram sobre a autenticidade no mercado de trabalho.bEstavam presentes Guilherme Massena e Eduardo Seelig, da Dobra (empresa de carteiras sustentáveis); Luciano Braga, um dos fundadores da Shoot The Shit; Júlia Maciel, social media e content strategy do portal Mecasei.com; e Alexandra Zanela, proprietária da Padrinho Agência de Conteúdo.

As atividades continuaram no período da tarde, que começou agitada. Os alunos foram convidados a participar de um exercício de integração. Cada participante recebeu uma peça de um quebra-cabeça. As partes quando reunidas formavam personagens de desenhos, como Shrek, Mulan, Peter Pan, entre outros. O objetivo era encontrar, entre dezenas de pessoas, aquelas que teriam as partes restantes para se montar a figura. A atividade promoveu uma integração entre os mais de 100 alunos que participavam do Colóquio. As agências experimentais se desfizeram para se transformarem em novos grupos mesclados, com integrantes de diversas instituições.

Após os quebra-cabeças serem finalizados, as equipes recém-formadas deveriam citar as características do personagem e quais os valores que representavam. Assim, os novos times receberam a função de criar uma empresa e sua primeira campanha. Tudo deveria esta inspirado no personagem encontrado. Para isso, alguns materiais foram distribuídos aos participantes e, também, foi dada liberdade total para os grupos utilizarem as ideias mais mirabolantes para a exibição do seu projeto.

Enquanto isso, os professores das agências participaram de uma reunião. Durante o encontro, discutiu-se estratégias para promover o reconhecimento das agências experimentais juntos às IES. “Percebeu-se que há um trabalho comum realizado pelas agências em busca de reconhecimento, mas que é realizado isoladamente. Cada um na sua instituição”, explicou a Profa. Valéria. “Neste sentido, decidimos realizar um produto em conjunto. Vamos realizar uma série de ações em torno do tema ‘Violência’. Até novembro, vamos organizar e produzir tudo. No mês de dezembro, em comemoração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos, toda a produção será apresentada às comunidades acadêmicas e sociedade”, conta ela.

No final da tarde, professores e alunos voltaram a se reunir para o encerramento do evento. As equipes de alunos fizeram a mostra de suas campanhas de modo bem diversificado. Alguns optaram por cenas de teatro, outros envolveram os espectadores na apresentação com alguma prática. Na maioria delas, as intenções eram similares: incentivar a valorização e aceitação do diferente, ou seja, ‘abraçar’ ao próximo e a si mesmo com todas as suas peculiaridades, sem vergonha ou medo de ser autêntico. Outro valor exaltado foi o poder da união de pessoas diferentes, com qualidades e defeitos, a fim de atingir um propósito em comum.

O 7º Colóquio foi um dia repleto de experiências, troca de conhecimentos e trabalho em equipe entre as universidades. Dezenas de acadêmicos voltaram para casa melhor preparados e com novas ideias para suas agências. Deram mais um passo em direção ao mercado de trabalho e para atingir suas metas profissionais.

Neste ano, a sede do Colóquio foi a Unisinos/POA. A cada edição, o evento acontece em uma IES diferente. Nas próximas semanas vai ser anunciada a IES que vai organizar e receber as agências em 2018.

 

IMG 2720

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·