·

·

· · ·

Turismo

Curso de Turismo lança quinto livro

foto livro turismofoto: Patrícia Treviso

A cada semestre, os discentes e docentes do curso de Turismo publicam um novo livro, composto por artigos científicos sobre área. Nessa quinta edição, a temática é o ‘Turismo para Pessoas da Terceira Idade’, que aborda maneiras de atender esse público, compreendendo o seu potencial.

Segundo o coordenador do curso, Prof. Me. Guilherme Bridi, o turismo para a terceira idade é um segmento que vem crescendo, com muita ênfase no mercado. “É fundamental estudarmos o comportamento desse novo consumidor, que dispõe de mais recursos e tempo para aproveitar o turismo”, disse.

A Prof. Dra. Claudia Wehmeyer Tacques, uma das organizadoras da obra e professora do curso, explica que é necessário ter um olhar especial para esse público, pois eles desejam novas possibilidades. “Cada vez mais, percebemos que esse público não é o mesmo de vinte anos atrás. Eles são mais exigentes e querem tudo com qualidade”, conta. Ela completa ponderando que é preciso pensar também em como tais necessidades serão atendidas.

A estudante, Janaina Salton, colaborou com a obra, a partir do artigo sobre yoga em espaços públicos de Porto Alegre. Ela acredita que o trabalho realizado pode ajudar a identificar a adesão desse público para tal atividade. “Assim, podemos pensar em medidas efetivas para maior inclusão desse público específico, melhorando sua qualidade de vida e proporcionando momentos de lazer de forma acessível”, relata.

A reitora, Prof. Dra. Anelise Nunes afirma que o livro traz uma importante contribuição na vida acadêmica dos alunos. “Nós incentivamos esse tipo de produção que agrega muito para o currículo. Produzir uma obra literária é um diferencial do curso de Turismo. Os alunos precisam aproveitar essa oportunidade”, conclui.

O estudante de Turismo, Eduardo Silva, conta que é a segunda vez que escreve para os livros produzidos pelo curso. “Eu me sinto honrado por poder participar. Acredito que isso contribuiu para meu currículo. Estou estagiando na Infraero e tenho certeza que ter as publicações fez total diferença no processo seletivo”. Eduardo salienta que não há muitas publicações acerca desse tema, por isso foi um grande desafio realizar o trabalho. “Os idosos são uma parcela expressiva da população brasileira, não incluí-los no planejamento das atividades turísticas é um erro”, complementa.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

Rádio IPA ao vivo

· · ·