· · ·

Cultura, Multicultura

Vingadores: Guerra Infinita | Crítica [sem spoilers]

vingadores gi capa tresFoto: Divulgação

O Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) é um projeto como nenhum outro na história do cinema. Com dez anos de existência e 18 filmes produzidos, trouxe atores consagrados e possibilitou momentos inesquecíveis para os fãs de quadrinhos. Hoje, assistimos o ápice do que foi desenvolvido ao longo de uma década. Nós presenciamos mais um sonho para os amantes de super-heróis: mais uma vez, o imaginário ganha vida!

mansao dr estranho integrantesFoto: Divulgação

Dessa vez não vou contar nenhuma sinopse, se você chegou até aqui, você sabe tudo que precisa: a história de cada personagem, os poderes de cada um e as motivações. Mas, não se preocupe, não pretendo estragar a experiência com spoilers.

O longa começa de forma acelerada, o que é bom, pois traz a sensação de urgência que a trama precisa. Contudo, no início, alguns diálogos e piadas são muitos corridos, não permitindo que o público acompanhe com tranquilidade... então, fiquem bem atentos! Algumas piadas parecem um pouco forçadas, já outras, arrancam boas risadas: as melhores são quando heróis de grupos diferentes se encontram pela primeira vez. O alívio cômico é bem encaixado, não quebrando o clima.

As lutas são empolgantes e apresentam cenas realmente marcantes. Apesar do filme ser em maior parte ação, também, há momentos pontuais em que o drama é devidamente bem explorado. O tempo de tela para cada personagem ou grupo é outro fator positivo, há um equilíbrio na maioria das vezes. É interessante mencionar que boa parte do filme gira em torno de Thanos, algo que faz sentido, pois é um dos poucos personagens que não foi muito desenvolvido.

thanos e manopla do infinitoFoto: Divulgação

Podemos dizer que Thanos é um dos grandes vilões da Marvel no cinema assim como Loki. Ele conquista o espectador facilmente, pois suas motivações fazem sentido – não significa que são justificáveis – mas, o que ele faz tem uma razão coerente, não é uma questão de poder ou por maldade. Contudo, Thanos é um ditador e suas ações são cruéis, ainda assim, ele não se abala pelas decisões que toma. O pensamento do vilão é simples: “fazer o que precisa ser feito, pois ninguém mais o fará”. Só para terminar o parágrafo sobre Thanos: ele é muito f#d@!

Como disse anteriormente, eu não vou dar spoilers, mas, já é divulgado há um bom tempo que alguns heróis morrem nesse filme... então, deixo uma dica: se preparem, porque algumas mortes são um soco na cara no espectador. Entretanto, há outras situações que vão empolgar o público a ponto de aplaudir.

wakanda luta vingadores giFoto: Divulgação

O tempo de filme de Vingadores Guerra Infinita é de mais de duas horas, mesmo assim, não é nada cansativo, na verdade, passa bem rápido. O 3D não é grande coisa, logo, você não vai estar perdendo nada. Observação: só há UMA cena pós-créditos.

No geral, Vingadores Guerra Infinita cumpre seu papel e deixa um grande gancho e dúvidas para o próximo longa. Se é ou não o melhor filme do MCU, isso depende da visão de cada pessoa. Todavia... se você já assistiu: vai dizer que o final não o surpreendeu?

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·