· · ·

Amanhã tem Welcome Home

welcome home banner

O Welcome Home é a abertura oficial das atividades do segundo período letivo de 2018 para os acadêmicos de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda. É o primeiro evento de um semestre intenso para os cursos de Comunicação do IPA. Este ano a temática apresenta as faces da Comunicação: empreendedorismo, função social e tecnologia e inovação.

Além da apresentação das atividades para o segundo semestre do ano, feita pelos coordenadores, Prof. Dr. Fabio Berti e Profa. Me, Nancy Vianna, três profissionais participam de um bate-papo com os alunos. A coordenadora de Desenvolvimento Institucional do Instituto do Câncer Infantil (ICI), Fernanda Furtado e os empresários Márcia Dihl, sócia da Chegou Comunicação e Jonatas Hauschildt, COO da Prosa Electric Control.

Conheça um pouco mais sobre cada um deles.

Fernanda Furtado

 ESP0193Foto: Arquivo Pessoal

Formanda em Relações Públicas (PUCRS), tem formação como Coach, Líder Coach e analista comportamental pelo Instituto Coaching. Fernanda conta que está no ICI desde 2010 e lida com vários aspectos da comunicação, na área de Relações Públicas. Acredita que esse profissional é o link entre jornalistas e publicitários, principalmente na abordagem e no relacionamento.

Ela conta que a área de Desenvolvimento Institucional do ICI é responsável pela comunicação, marketing, mobilização social e projetos da instituição. Faz questão de destacar o amor pelo que faz, visto que envolve uma importante causa social. Explica que são muitos os desafios na rotina de trabalho, afinal não há um orçamento fixo para as ações desenvolvidas. Neste sentido, ela destaca as parcerias feitas. “Elas ajudam no nosso relacionamento. Ter parceiros é algo bom para os dois lados, tanto para nós que somos ajudados, quanto para eles que estão nos ajudando muitas famílias a vencerem o câncer infantil”.

Em entrevista ao Multiverso, na sede do Instituto do Câncer Infantil, caminhando pelos corredores da instituição, ela diz ter um objetivo claro ao trabalhar ali: “até nos piores momentos e nos mais estressantes, você acaba percebendo que o fato de estar aqui é maior e, assim, você encontra forças para continuar”.

O ICI é a paixão de Furtado e é sua maior experiência no mercado de trabalho, mesmo tendo atuado em outros segmentos. Ela aponta que se vê inserida no terceiro setor, com as causas ligadas à responsabilidade social. Revela que este é o nicho do mercado que pretende atuar. “As grandes marcas precisam se preocupar com a sociedade e a própria sociedade precisa se preocupar, também”.

O curso de Jornalismo, a partir da disciplina de Estágio II, firmou uma parceria com o ICI. Fernanda declara que está muito feliz com essa oportunidade. “Acho fenomenal que os alunos estejam inseridos a fundo no terceiro setor e com essa carga de responsabilidade social. É uma honra fazer parte de tudo isso, espero dar o meu melhor para que eles se sintam contentes e realizados com o resultado”.

A disciplina está sendo conduzida pela Profa. Dra. Valéria Deluca. O objetivo é oferecer aos estudantes a oportunidade de participarem do planejamento de importantes ações do ICI, como o Mc Dia Feliz, o Setembro Dourado e a Corrida pela Vida. “Estou apaixonada pela professora. Toda vez que ela vem ao Instituto, aquilo se torna muito mais do que uma simples reunião. Conversamos sobre comunicação e comportamento. Essa troca de experiências e ideias é muito legal”. Fernanda diz que está aprendendo muito com a experiência. Ela ressalta que ninguém é dono do saber, principalmente na área da Comunicação, que é preciso evoluir constantemente.

Márcia Dihl

marciaFoto: Arquivo Pessoal

Jornalista diplomada pelo Centro Universitário Metodista IPA, ela é sócia-proprietária da Chegou Comunicação, junto da jornalista Giórgia Bazotti. Atuou em importantes veículos de comunicação (Band, Record e SBT) durante sete anos.

Márcia revela que para ter uma boa assessoria, é necessário ter conhecimento em todos os veículos. “Percebi que precisamos ter relacionamento. Isso é fundamental! Tem que ter bom trânsito entre os colegas e os diferentes veículos de comunicação”, aconselha a jornalista.

Antes da Chegou Comunicação dar os primeiros passos, a Chegou Visita, perfil no Instagram com dicas para o lar, foi criado com Giórgia, em 2014. Márcia revela que a página fez tanto sucesso, que a dupla começou a organizar pequenos eventos e que este foi um ponto importante para encaminhar sua carreira. “A partir daí, sabíamos que funcionávamos bem juntas.  Senti que era hora de mudar de área e apostar em outras frentes.  Então, fundamos a Chegou Comunicação”, relembra ela.

Para Márcia, empreender estando na área da Comunicação é possível, pois ser jornalista nos dias de hoje é ter um leque de opções. Ela ainda reforça que há várias áreas de atuação possíveis, sem a necessidade de ficar ‘engessado’ apenas em uma. “Não trabalhamos só com comunicação em nossos eventos, mas essa é a nossa essência. Saber se comunicar é uma ferramenta muito poderosa”, comenta ela.

Ela conta que se sente honrada de ser convidada para o Welcome Home e relembrou os anos no IPA, que foram de muita dedicação. “Eu estagiava na Band naquela época, entrava às 5h da manhã na TV e ainda tinha que estar presente nas aulas. Sempre tive total apoio dos meus professores. Pessoas incríveis e que sempre me incentivaram e me inspiraram. Tenho orgulho da minha trajetória profissional e de ser uma jornalista diplomada pelo IPA”, destaca Márcia.

Jonatas Hauschildt

Prosa TeamFoto: Equipe da Prosa

Publicitário e COO da Prosa Electric Control, Jonatas Hauschildt, é graduado pelo IPA e mestrando em Design Estratégico (Unisinos). Atuou em diferentes empresas de mídia e comunicação no Sul do Brasil. Atualmente, ele e o sócio Guilherme Eckert, engenheiro elétrico, estão à frente da Prosa EC. A empresa visa democratizar a automação elétrica e reduzir o consumo de energia.

Jonatas conta que a pesquisa para o TCC sobre startups, a amizade com Guilherme e o outro negócio que possuía, a Passo In., empresa de consultoria em estratégia para inovação, foram elementos importantes para a formação da Prosa. Na época da pesquisa, ele percebeu que Venture Building era um investimento estável para um novo negócio. “Começamos a trabalhar no projeto de um hardware. Conversamos muito antes de efetivar essa parceria que hoje se tornou um dos meus negócios”, recorda ele.

A formação em Publicidade e Design ajudou o empresário na forma como ele percebe as pessoas e como se relaciona com elas. Ele explica que a comunicação e o design são os pilares da empresa, não só como estratégia, mas como pensamento e cultura. “Desde o início, trabalhamos para que cada ação fosse questionada e que nunca nos conformássemos com o que já havia no mercado”, relembra Jonatas.

Ele acredita que, muitas vezes, o início das startups passa por incertezas. Apesar dos desafios e ‘perrengues’, Jonatas afirma que a equipe continua com o mesmo o objetivo, “transformar a relação entre pessoas e espaços de forma inteligente e eficiente”.

O publicitário revela que compartilhar os aprendizados como empreendedor com outros estudantes é uma sensação gratificante. Para ela, saber que o IPA e os cursos de Comunicação reconhecem sua presença no mundo do trabalho é algo especial. “Me sinto feliz ao ver o IPA e os docentes incentivando os alunos a perceberem novos caminhos e possibilidades para atuar no mercado”, comemora ele.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·