· · ·

A conferência Interfaces e Conexões encerra o 3º Seminário de Comunicação Integrada

imagem lara interfaces e conexoes

A última noite do 3º Seminário de Comunicação Integrada vai contar com a presença do presidente da RDC TV Márcio Irion, do diretor e sócio da Agência Matriz Alberto Freitas e do jornalista André Haar. A mediação será da Publisher Márcia Christofoli, do Portal Coletiva.net. O evento vai discutir as interfaces e as conexões da Comunicação.

Jornalistas, publicitários e os profissionais envolvidos com a área são diariamente surpreendidos com uma concorrência intensa, reflexo das constantes, simultâneas e rápidas transformações que a sociedade vem passando e que atingem todas as frentes de trabalho. A partir destes cenários, os conferencistas vão tratar sobre as perspectivas e desafios do mercado e como as tecnologias e as novas plataformas digitais de produção de conteúdo estão influenciando os negócios em Comunicação.

O presidente da RDCTV, Márcio Irion destaca que a emissora nasce neste contexto e tem como premissa criar novas oportunidades para o mercado, seja enquanto novos negócios ou como um espaço para divulgar e promover a realidade e a cultura do Estado. Salienta que o contato constante com a universidade é uma das metas a ser seguida. Ele considera que é preciso alinhar a realidade profissional com o conhecimento científico e diz estar com uma expectativa muito positiva em relação ao Seminário.

Mário Irion RDCTVFoto: Arquivo Pessoal

Alberto Freitas relata que “nós estamos ouvindo milhares de teorias a respeito das novas formas de Comunicação, cada dia tem uma versão sobre isso. Cada profissional, cada pensador traz para a roda um debate sobre o futuro. O futuro não existe, o que existe é o presente. É aqui e agora que as coisas estão acontecendo. A mudança é uma constante”. Ele considera que a tecnologia é um meio transformador, mas considera que “as coisas começam e terminam no ser humano”.

Com 27 anos de televisão, André Haar conta que teve o privilégio de viver um período de transformação muito grande com muitos prós e contras. “Acredito que são mais prós. Temos mais emissoras de rádio, TV e a internet. Acho necessário refletir sobre essas mudanças e o campo que os comunicadores têm pela frente”. Haar diz que está ansioso para conversar com os alunos. “É um prazer muito grande poder compartilhar um pouco do que eu sei com jovens que estão começando cada vez mais cedo no mercado de trabalho”.

A mediadora da conferência, Márcia Christofoli acredita que “abordar conexões em suas diversas formas é contribuir para a formação de futuros profissionais que entendam o importante momento que a Comunicação vive”. E, completa dizendo que “a troca de ideias entre mercado e academia é necessária para que estes dois agentes se retroalimentem de forma cada mais assertiva”.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·