· · ·

Médicos Sem Fronteiras realiza seminário para debater a Comunicação em prol da causa humanitária

MSF 10.11 manha TiemySaito 15

Conexões MSF, evento promovido pelo Médicos Sem Fronteiras (MSF), trouxe para Porto Alegre conversas, filmes, teatro e exposições fotográficas para mostrar o trabalho que a organização desenvolve. De 07 a 10 de novembro, o público pode entender como é a atuação do MSF em crises humanitárias em diferentes lugares.

No dia 10, aconteceu o Seminário de Jornalismo, Ajuda humanitária em pauta: como cobrir conflitos armados, desastres naturais e epidemias. Voltado para estudantes e profissionais de Comunicação, o evento proporcionou o debate e a troca de experiências com os palestrantes sobre a cobertura em situações de risco.

A Diretora de Comunicação do MSF - Brasil, Nira Torres explicou como funciona a organização e como ela atua em diversas partes do mundo. Falou também da importância da comunicação no trabalho feito pelo MSF, principalmente, na conscientização de público e mídia sobre a causa humanitária. O Coordenador de Relações com a Imprensa do MSF, Paulo Braga relatou como é a relação com a mídia e como é possível apoiar o trabalho em campo. Responsável pela distribuição de conteúdo à imprensa, destacou como é feita a seleção de pautas e também de imagens que podem auxiliar em reportagens, além da mediação entre repórteres e porta-vozes da organização para entrevistas. Também explicou o que é preciso para uma cobertura humanitária de qualidade, como a precisão de informações, contextualização e variedade de fontes.

trezzi1

O jornalista da Zero Hora, Humberto Trezzi também participou do evento e apresentou ao público suas experiências em coberturas de conflitos. Relatou as adversidades e os momentos tensos que passou nos diversos locais que atuou. O Assistente Sênior de Informação Pública do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), Miguel Pachioni, informou sobre o trabalho da organização com refugiados. Miguel focou na questão dos venezuelanos que tem chegado ao país. A ACNUR é um setor da ONU que assiste aqueles que tiveram de deixar seus países de origem. MSF 10.11 manha TiemySaito 46

Além das palestras, o público pode conferir os vídeos das jornalistas Sônia Bridi e Patrícia Campos Melo sobre as reportagens com refugiados em Uganda e a epidemia de Ebola em Serra Leoa. O seminário promoveu uma oportunidade de reflexão sobre a importância da comunicação para o trabalho de organizações como o MSF.

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado

· · ·